Axónios Gastos - fibras condutoras ou prolongamentos de neurónios que se encontram já consumidos.

segunda-feira, dezembro 13, 2004

O 4º Poder desgovernado!

Finalmente existe, a nível poder-se-á dizer Mundial, uma campanha para demonstrar que a força do 4º Poder não deve ser ilimitada, que não deve ser sensacionalista, puramente especulativa, gratuita, imponderada sob o risco de perder qualidade e credibilidade. A campanha consiste numa espécie de estímulo de pavlov, ao qual os menos atentos correm cegamente na ânsia de ganhar o Pulitzer, senão vejamos:
Começou com Arafat. Deram-no como morto, depois resuscitaram-no, depois morto novamente, entretanto em fase menos preocupante....morto...vivo...último suspiro, o esboço de um sorriso e...morto!
Depois seguiu-se o Governo, as demissões de Ministros. Afinal só remodelações, bem...apenas ligeiras alterações, dias depois a dissolução...mas não é certo...ninguém a explica...de repente Sampaio fala! Afinal falará amanhã, ou não...fica para depois de amanhã, às 16...corrijo, às 20h!
Na Ucrânia decidira-se a sua presidência...festejos são noticiados, afinal "os uivos que se ouvem são de contestação!". Algo correu mal repentem-se eleições, tudo acalmou...Última Hora- Iuschenko envenenado!
Durante este período o CDS afirma que vai sozinho. Não, a comunicação social acha que deve ir coligado, por isso...vai...sóó...coligado! Não, no PSD disseram coligados, por isso, enquanto jornalista, acho que devem ir sozinhos...E soubemos agora mesmo que vão...sós!
O País vai ser governado em duodécimos...mentira o Governo, quer dizer, ex-governo, ainda assim, felizmente, consegue viabilizar o Orçamento para 2005!
"Em Moçambique as eleições decorreram de forma ordeira e pacífica"...se bem que ouve um ou outro tumulto...devido aos mortos terem votado!
O PCP não quer coligações à esquerda, embora o BE não fosse mal visto...ou o PS. De certo é a coligação com os Verdes! Quem diria...
Ora como compreendem, para quem se baseia em notícias e actualidade para fazer o seu blog, isto acaba por não ser muito positivo!
A comunicação social não deixa ninguém respirar sem que tal não tenha uma segunda intenção. Onde anda o rigor jornalístico? Há quem lhe chame "qualquer coisa precoce"...
|| JMC - João Maria Condeixa, 05:24

13Comentários:

Pois. Eu acho que realmente a culpa é do 4º poder por isto andar tão desgovernado. Se esses meninos fossem postos na ordem mais estabilidade teríamos. a culpa não é manifestamente do poder que governa, é dos outros que não deixam governar. Só dizem mal. Eu cá acho que é uma cabala, mundial.
Anonymous Anónimo, at 2:31 da tarde  
eu diria mais: "uma cabala involuntária..."
Anonymous Anónimo, at 2:57 da tarde  
Já diziam os romanos
"Há, nos confins da Ibéria, um povo que não
se governa nem se deixa governar".
Gaius Iulius Caeser
Muito me entristece, mas mais grave, me desilude, constatar que os portugueses e a sua mentalidade tacanha e mesquinha,são propensos para a discussão prosaica, para a insensatez política, para a guerrilha dialéctica!! A comunicação social?! O resultado desssa propensão!!
Desagregamo-nos a cada dia que passa... Procuramos a diferença quando somos iguais na língua, na cultura, na religião! Mesmo antropologicamente falando, as diferenças são insignificantes! Mas em algo mais somos iguais...numa vontade subliminar de sermos insubmissos e também individualistas!!
Não partilhamos do pressuposto do Bem Comum!! A comunicação social, podia e devia fazer a apologia dum pensamento contrário ao predominante! Mas ela mesma tem toda a arbitrariedade para a sua escolha!!Mas obviamente, esta não deixa de ser o espelho da sociedade que temos, como posteriormente vai condicionar as gerações vindouras!! Ou seja, este parece ser irremediavelmente, um ciclo vicioso onde ela é paralelamente, consequência e génese duma realidade que vigora neste triste e mal-amado país!!
Blogger Unknown, at 3:12 da tarde  
Eu cá concordo. O problema está identificado, acabe-se com a comunicação social para todos estarmos juntos, unidos, com menos diferenças e mais ignorantes, porque bem aventurados são os pobres de espírito porque deles é o Reino dos Céus.
Com rigor.
Anonymous Anónimo, at 5:51 da tarde  
Realmente houve uma falha de explicação ou entendimento neste post.A falta de rigor ou a precocidade da comunicação social existe, mas deve-se sobretudo a uma campanha organizada. Que não é nada menos do que certas e determinadas posturas que não favorecem a imagem portuguesa ou inclusive a mundial, pois a "crise" ou a "campanha" é já dessa envergadura!
Blogger JMC - João Maria Condeixa, at 4:07 da manhã  
e entretanto falta referir que se existe humor para comentar em tom de sátira, deveria haver também inteligência para ler sátira em tom de humor e compreender o que realmente está a ser discutido.
Blogger JMC - João Maria Condeixa, at 4:14 da manhã  
João,
brilhante post.
Um beijinho
Anonymous Anónimo, at 11:45 da manhã  
não vejo nada de brilhante nesta discussão. Uns a fazerem-se sátiros, outros de teóricos e depois não ajuda nada a do "inteligência para ler a sátira com humor". Mas isso quer dizer alguma coisa? Foi o autor o sátiro, o teórico ou o crítico? Não cumpria aos dois últimos ler com inteligência e humor a sátira? E esta tem ou não tem algo de inteligente? Não tendo, não vejo inteligência em comentá-la. A da cabala mundial, involuntária só pode ser uma piada. Não sei o que para aí se vende mas acho que está a faltar um pouco de discernimento.E só me dou ao trabalho porque sou dos que acha piada à sátira quando a compreendo, portanto quando aí vejo humor. Se isto é discussão vou ali e já venho.
Anonymous Anónimo, at 2:50 da tarde  
Caro anónimo do comentário pretérito,
efectivamente a sátira só cumpre logradamente o seu objectivo quando compreendida. Mas, talvez - e uso aqui o talvez por mera facilidade argumentativa -, o problema não esteja na falta de qualidade da sátira que a mim me parece brilhante - porque captadora da realidade hodierna - mas sim a falta de capacidade que o leitor demonstra em discernir o seu sentido último e acutilante.
Anonymous Anónimo, at 6:16 da tarde  
Cadeixa, adjectivar o discurso não o torna mais apurado ou irónico mas gostei do logradamente. Também gostei do pretérito.
Anonymous Anónimo, at 10:07 da manhã  
Desmoralizou-se o socialismo e a comunicação social vem em defesa!
Evidentemente que num mar de rosas murchas, há cassetes sem norte com intenção de fazer o que Guterres e Sócrates não fizeram… governar!
É a absoluta incompetência de gente incapaz!
E o Pandula não se queixa!
Anonymous Anónimo, at 12:15 da tarde  
Cadeixa, diz a este tipo que isto de "desmoralizou-se o socialismo" e bla, bla, bla, não enriquece o debate. isto não quer dizer absolutamente nada. Outro que gosta dos adjectivos mas que não os sabe usar. Que pandula.
Anonymous Anónimo, at 10:23 da manhã  
Condeixa, faça-me o favor de dizer a esse fulano que não me estava a referir directamente a ele, visto que não o conheço nem nunca me foi apresentado. Todavia, o tacho cozinha-se e o cozido acabará por azedar… Depois digam ao gerente que o leite está azedo (ou seja, fermentado, cientificamente).
Que pandula!!
Anonymous Anónimo, at 2:47 da manhã  

Add a comment

Site Meter BlogRating