Axónios Gastos - fibras condutoras ou prolongamentos de neurónios que se encontram já consumidos.

domingo, março 11, 2007

Cego por um filho que não é seu?

Cavaco veio relembrar que se os políticos não conseguem cumprir as promessas, não as devem fazer. Disse mais, criticou os governos que aprovam leis que depois são incapazes de cumprir. Em tom de farpa dirigida a Paulo Portas, referia-se aos ex-combatentes e à contagem do serviço na guerra para efeitos de reforma. Paulo Portas prometeu e cumpriu. Legislou e deu o primeiro passo para a realização dos pagamentos. O actual Governo é que argumenta que não tem dinheiro para conseguir cumprir os compromissos assumidos por Paulo Portas. Não tem dinheiro para isso, mas insiste na OTA e no TGV mesmo depois de contas feitas e conselhos divulgados quanto ao seu peso orçamental. Cavaco advertiu, certamente, no sentido de proteger Marques Mendes desse "terror" que poderá aí vir e que se chama Paulo Portas. Pena que ainda não tenha advertido Sócrates em relação às inúmeras promessas que fez e que a cada dia que passa se afasta mais delas! Será a solidariedade institucional que não o permite? Ou vê em Sócrates o delfim que Marques Mendes não consegue ser, mas que ainda assim tem de proteger?
|| JMC - João Maria Condeixa, 23:03

4Comentários:

Atirar pedras a quem tem telhados de vidro não é boa ideia...

responde-me: Independentemente do que é prometido e não é cumprido, Portugal está melhor ou pior que há 2 anos?

Um abraço
Blogger Miguel Cachão, at 12:31 da manhã  
Ah, então para ti nada do que é prometido e que leva as pessoas a votar interessa, é isso? Pode estar melhor (não tanto como o dizem e propagandeiam) mas isso não invalida que eu não critique, exija, reponha a verdade e chame as devidas pessoas à responsabilidade! E olha que as trapalhadas de Santana não ficam mto à frente de algumas de Sócrates. A Comunicação social é que não lhes dá cobro e a gestão para as apagar é que é mais astuta (isso reconheço)!
Blogger JMC - João Maria Condeixa, at 1:38 da manhã  
João,

Infelizmente as pessoas votam, quase sempre, por amor "à camisola" ou pelas pessoas. São raras as q votam pelo programa de Governo.

Eu não julgo os governos pelo que prometem ou deixam de prometer, julgo pelo que fazem ou pela comparação com a eventual substituição dos que se opõem...acho q quanto a isso não ha muito a acrescentar.

Em relação à comunicação social...o que estes fazem não foi o q sempre se fez? Ou tenho de relembrar o que fez o Marcelo sair da TVI?

Um abraço
Blogger Miguel Cachão, at 7:33 da tarde  
Infelizmente e como tu bem dizias as pessoas em Portugal estão demasiado fidelizadas a cores políticas. O eleitorado flutuante é muito reduzido qdo comparado com outros países europeus. Se estivessem mais interessadas e bem informadas talvez o resultado do país fosse outro!
Quanto à comunicação social, sabes que é totalmente conivente com este governo ou tens dúvidas? Talvez por isso o caso Marcelo se tenha ouvido tanto, mas a influência na RTP e sobre José Rodrigues dos Santos tenha sido abafada!
Blogger JMC - João Maria Condeixa, at 1:12 da manhã  

Add a comment

Site Meter BlogRating