Axónios Gastos - fibras condutoras ou prolongamentos de neurónios que se encontram já consumidos.

terça-feira, janeiro 08, 2008

Separados à nascença


O JCS tem razão...alguma coisa há-de ser!
|| JMC - João Maria Condeixa, 00:11

4Comentários:

Podes-me dizer, em termos práticos, qual é a diferença entre a actual "lei do tabaco" e a não liberalização das drogas leves?

Um abraço
Anonymous Miguel Cachão, at 7:08 da tarde  
O meu problema com a liberalização das drogas leves é o aumento da permissividade ao consumo, numa lógica de prevenção e atenção pela geração mais nova. Na lei do tabaco o erro que aponto é não ter sido dado o espaço para o proprietário definir o seu negócio, possibilitando a escolha ao cliente,sem afectar ninguém... Não me sinto, enquanto fumador, especialmente privado da minha liberdade. Posso fazê-lo em casa sem prejudicar terceiros.
Ainda assim te digo que tenho as minhas dúvidas, encontrando prós e contras, quer quanto à liberalização, quer na actual lei...a ver se as aprofundo aqui!
Blogger JMC - João Maria Condeixa, at 8:34 da tarde  
O Governo inlgês acabou de penalizar o consumo de canabis, sob pretexto das mais recentes investigações terem evidenciado maleficios até à data desconhecidos. Da simples advertência policial, um cidadão agora no Reino Unido pode incorrer a uma pena máxima de 5 anos.
Apenas para que conste.
Quem anda em contra-maré?
Um abraço
Blogger Frederico Nunes de Carvalho, at 11:47 da tarde  
Mas continuam a achar que é proibindo que se resolve um problema? O consumo de canabis tem os seus problemas, o tabaco tem os seus, as gorduras têm os seus, os teores de sal tem os seus e por aí fora. Desde quando devemos nós fazer dos imperativos morais regras que limitem a liberdade de cada um? Deve ser o senso comum de cada um a determinar os limites com um estado que deve intervir como entidade reguladora. Nunca deve dissuadir quem gosta de fumar, quem gosta de beber e quem gosta de fumar canabis. E não confundam canabis com outras drogas. É alucinogénica, mas não cria dependência e nunca ouvi nenhuma estória de alguém que rouba para comprar canabis.
Com o tempo veremos que está errado...
Anonymous Miguel Cachao, at 2:32 da tarde  

Add a comment

Site Meter BlogRating